sábado, agosto 19, 2017

sexta-feira, agosto 18, 2017

quinta-feira, agosto 17, 2017

quarta-feira, agosto 16, 2017

Adios muchachos

O blog ficará em auto run dando-vos música todos os dias.

terça-feira, agosto 15, 2017

O que é bom nunca deixa de nos impressionar



Fico muito tempo sem ouvir Nirvana. Ouvi todos os álbuns até à exaustão, sabia as letras todas, tinha o Kurt em todas as capas dos meus cadernos. Foram muitos anos a ouvir milhões de vezes as mesmas coisas.

Ontem, enquanto pesquisava músicas para ouvirmos nas férias, encontrei esta música no meio de uma playlist no youtube e parei. Parei para a ouvir/ver. É impressionante como, mesmo depois de tantos anos (mais de 20) isto ainda tem poder sobre mim, ainda me dá um aperto no peito ouvir isto. Lembrar-me de como era infeliz nessa altura, de como me refugiava na música para carpir as minhas mágoa, orgulhosa a sofrer em silêncio. Grande parva.




domingo, agosto 13, 2017

Arcade fire em loop

Temos ouvido o álbum novo dos Arcade Fire no carro. Muito bom, como sempre. Os intensos do costume agora já não gostam da banda, como aparece o anúncio ao álbum na tv, já é mainstream, já toda a gente conhece, já não são como eram antes e tal...the usual stuff.

E temos favoritas:

Clara: "Mãe põe o editin náu!"


Rui: Electric Blue


Eu: We don't deserve love (são 6:30 de uma música hipnotizante que me transporta para outros sítios)


Alice: A Alice não reage a Arcade Fire mas vibra com esta que também ouvimos no carro às vezes






Sai um pires de utopia para a mesa do canto

Vou levar livros para ler nas férias, como faço sempre. Vamos ver se desta vez consigo ler pelo menos um destes...

sexta-feira, agosto 11, 2017

Parentalidade é um pouco disto também

Hoje é  um daqueles dias em que parece que elas combinaram dar comigo em choné. Tipo: "vamos fazer os possíveis para que a mãe ande às cabeçadas à parede lá para o final do dia."
E ainda são 11:30...
Quando amigos me falam em ter um segundo filho eu aviso sempre, "olhem que se quando temos um há dias em que nos apetece fazer as malas e fugir, quando temos dois pensamos nisso dia sim dia não." 
É óbvio que compensa, há momentos em que elas brincam super bem juntas e que estão a divertir-se imenso as duas. Há momentos de grande carinho e cumplicidade, momentos em que se ajudam e confortam. Isso é bonito de ver.
Mas também existem momentos em que não se entendem, em que puxam cabelos uma à outra e gritam e a mais velha chama nomes à mais nova e a mais nova morde a mais velha. Nesses momentos lá tentamos ser como a mãe do Ruca, que é super pedagógica e calma. Mas não dá...não sou um boneco animado e às vezes passo-me da marmita.









terça-feira, agosto 08, 2017

Os desenhos da nossa miúda

A Clara tem um gosto especial por desenhar e tem jeitinho para a coisa.

Vejam só a versão dela dos bonecos do Divertidamente. Ela não copiou, foi desenhando enquanto olhava para os bonecos em 3D.




segunda-feira, agosto 07, 2017

Despicable me 3



Hoje fomos ao cinema. Gostámos muito!
A banda sonora do filme para além de ter muitos hits dos 80's tem também músicas muito porreiras do Pharrell Williams

sexta-feira, agosto 04, 2017

Alice, a maria rapaz cá de casa


Sempre a arriscar um valente trambolhão. "Alice, cuidado, podes cair!" - ela ri-se e responde: "Não, não!"

A genética é uma coisa engraçada. Engraçada quando analisada por leigos como nós.

A nossa miúda mais velha é fisicamente mais parecida comigo mas na personalidade tem muita coisa do pai (tirando a antipatia que vem da mãezinha).

A Alice fisicamente é parecida com a família materna do Rui mas a personalidade é muito eu. É desenrascada, fisicamente muito desenvolvida (gosta de se mexer e de arriscar, eu era assim) e gosta de brincar preferencialmente com bolas e carros. Tão eu. Os seus desenhos animados preferidos são estes...

O que dizer? Quem sai aos seus coiso e tal, não é?!


Bloodbuzz Ohio - The National



Se calhar já aqui coloquei esta música, não sei. O que eu sei é que é uma das melhores que tenho ouvido nos últimos tempos. O que eu sei é que os The National são das melhores bandas que já ouvi. O que eu sei é que eles vêm cá e os bilhetes estão esgostados. É tudo o que eu sei...

I still owe money to the money to the money I owe
I never thought about love when I thought about home
I still owe money to the money to the money I owe
The floors are falling out from everybody I know

Epá muito bom.

quinta-feira, agosto 03, 2017

All is lost



Não é um filme que agrade a todos.
Durante todo o filme só são ditas meia dúzia de palavras (esses momentos aparecem no trailer). Tudo o resto é luta pela sobrevivência e o barulho do mar. A personagem do Robert Redford nem sequer fala sozinho (como o Tom Hanks no Cast Away).

Gostei mesmo muito. Mesmo. Mesmo. É um bom filme para quem gosta da temática náutica.

quarta-feira, agosto 02, 2017

Em modo férias

Ah é tão bom não ter horas para nada. Poder andar por casa de cuecas. Isto é que é vida.


terça-feira, agosto 01, 2017

Sentimentos contraditórios

Adeus bata, até Setembro de 2018. O tempo passa tão rápido.


sexta-feira, julho 28, 2017

Summer

Elas estão quase aí, estão mesmo ali ao fundo à espreita. As minhas férias. Vamos lá "meu querido mês de Agosto, por ti levo o ano inteiro a sonhar...la la la ra ra ra!"

É nesta altura do ano ( a dias de entrar de férias) que tenho grandes planos para tudo o que gostava de fazer nas férias. Gostava de destralhar a casa outra vez (como faço a cada mudança de estação). Quero ir com as miúdas a parques, andar de bicicleta com a mais velha sem olhar para o relógio. Ficarmos na praia até o sol desaparecer. Ver filmes, ver séries, ler livros.

Gostava muito de conseguir fazer tudo isso, de certo que não vai ser possível.
Quero descansar. Preciso de descansar.

quarta-feira, julho 26, 2017

Alicês

Para a Alice falar correctamente não parece ser muito importante. Quando eu a corrijo e lhe digo que não é "gu" é "i ó gur te" ela deve pensar: "sim sim oh cota, isso é muito giro mas passa para cá o gu e cala-te!"

Pronto, de maneiras que não há muito Alicês para colocar aqui. Com a Clara era mais produtivo porque ela era muito trapalhona e falava pelos cotovelos. A Alice não gosta de usar mais do que uma sílaba. Não é muito faladora, vive da contemplação.
Quanto a formar frases, o que é isso? Esquece lá isso.

Iogurte - "Gu"
Pai - "Pá"
Bolacha - "Buá"
Mana - "Ma"
Clara - "Cá"
(Estão a ver a economia de sílabas...impecável)
Urso - "Tó" (don´t ask...I've no idea)
Grande - "Gã"
Pequeno - "Pequê"
Cobertor - "Cou"
Gato - "Gá"
Água - "uá ua"



 

You are gold


Quando nos conhecemos ele disse: "Estou um bocado nervoso, estar aqui ao pé de ti depois do tanto que já falámos online é como conhecer um ídolo, como conhecer o Billy Corgan, estás a perceber?" - Como é que ele teve coragem de me dizer isto no primeiro dia em que nos conhecemos pessoalmente?

Respondi qualquer coisa como: "Xi, a sério...fogo. Obrigada, nem sei o que responder!" - e pensei: "ele é só teu amigo, disse isto porque simpatiza contigo, não comeces a fantasiar...somos só amigos, tá-se bem, sem expectativas...fooooogo ele é bué fixe, quero um namorado assim, giro e fixe e engraçado...shiu calada. Sem expectativas. Somos amigões, pensa que estás a conhecer aquele que pode ser um novo melhor amigo. Mas ele é tão giro e cheira tão bem...e assim que chegou disse que ia partindo o dente da frente no vidro do carro. É A pessoa certa para mim. Só alguém despojado de complexos e de gabarolice à macho é que admite que ia partindo um dente enquanto o vidro do carro fechava, fazia marcha atrás e punha a cabeça de fora para ver melhor. É ele, só pode ser ele..." and so on.

És mesmo ouro.
És único.
És o meu melhor amigo, o meu confidente, o meu conselheiro.
Encontrar-te foi o euromilhões da minha vida.
Ainda hoje, passados quase dez anos desse dia em que nos conhecemos, olho para ti enquanto falas e admiro-te, estou a ouvir o que dizes numa faixa e na outra penso:"És mesmo giro..."

Lucky me.


segunda-feira, julho 24, 2017

Um hino que nunca existiu

Algumas bandas continuam a ter o condão de me surpreender pela positiva, mesmo depois de tantos anos.
Os Radiohead, não tendo sido nunca A minha banda preferida, têm estado nas minhas playlists desde que os conheço. Eles têm aquilo a que eu e o Rui chamamos de músicas para limpar os ouvidos. São músicas que sabem sempre bem ouvir, intemporais e que ficam bem em qualquer ocasião. Como exemplo disso temos o "High and dry", "No surprises", "Karma police", "Exit music (for a film)".

Aqui há uns tempos resolveram lançar músicas nunca antes ouvidas pelo grande público (talvez tenha sido para comemorar os 20 anos do OK Computer). São músicas que não entraram nesse álbum.

Esta "I promisse" é linda. Linda. Como é que é possível que tenha ficado na gaveta por 20 anos...
Isto tinha tanto potencial para ser um hino da minha geração naquela altura em que era fixe ser-se melancólico. Brilhante. Só uma banda brilhante guarda isto...


sábado, julho 22, 2017

Shut up kiss me



Bom som, boa voz! Gosto mesmo muito

terça-feira, julho 18, 2017

Parabéns Tazmanian Devil

Todos os anos por esta altura revejo as tuas fotos. As fotos do teu primeiro ano. Não o faço por obrigação, faço-o em nome de uma certa nostalgia. Gosto de me lembrar de ti em bebé. 

Parabéns Chouriça, 6 anos de Clara.  
És enxertada em corno de cabra mas és também um coração de manteiga e eu adoro isso em ti.
Gosto de ti como és, exactamente como és.
Tudo o que eu te desejo é que te transformes numa boa pessoa, que sejas culta e que sejas feliz. Se conseguir ajudar-te a alcançar estas três coisas, sou uma mulher feliz. 

Adoro-te cucuzinho.

Ainda hoje dormes assim...
Nós duas
Bebé fofo


Ainda hoje tens esse olhar e esse beicinho
Nesta altura o teu cabelo espetava e só estavas penteada quando o cabelo estava molhado


Como vês o pai sempre fez as mesmas caretas para as fotos

YES

Eu sei, tenho uma obsessão por fotos tuas (e da Alice) a dormir

Nasceste magrinha mas aqui já tinhas insuflado. Tinhas um mês.

Same face. Same expressions.

Cucu pai

No dia em que nasceste

18 Julho 2011

1 ano

1 ano

1 ano

A primeira vez que molhaste os pés no mar foi neste dia, na Ericeira.
1 ano

Brincadeiras tontas


1 ano

Começaste a andar com 11 meses

Olhar à Che Guevara

Olha os dentinhos


Miminhos do pai

sexta-feira, julho 14, 2017

O tipo de mãe que eu sou...


Cultura horticula

Que bom que é ter uma horta na escola. Na hora de desenhar sabemos exactamente como o fazer. Na imagem vemos da esquerda para a direita: flores, beringelas e morangos.

Desenho feito pela Clara.

quinta-feira, julho 13, 2017

Harmonia entre irmãs

Os momentos em que fazem desenhos juntas são sempre tranquilos e de partilha. A Alice rabisca e a Clara faz os seus típicos desenhos cheios de pessoas.



quarta-feira, julho 12, 2017

Gosto musicais da Clara



Tento fazer cd's eclécticos para ouvirmos no carro. Sim, cd's. O meu carro é velhote, ainda gravo compilações de 17 ou 18 músicas muito bem escolhidinhas porque não dá para mais.

Como estava a dizer, tento criar cd's com um pouco de tudo. Ponho as músicas que ela gosta porque os amigos gostam, tipo DAMA (vómito). Ponho músicas que ela gosta por ela, porque sim, tipo Deolinda. Por fim, ponho músicas que eu gosto, seja lá aquilo que for.

Eu também vou no carro e assim evito sentir aquela vontade de cortar os pulsos...

As minhas músicas são um mix de tudo o que eu gosto, desde Nouvelle Vague, XX, Alt j, The National, Tom Jobim, Radiohead, etc.

Ela nunca gosta muito das minhas músicas quando o cd é novo mas com o tempo vai sendo conquistada. No outro dia, sem que eu dissesse nada começou a cantar alto ao som da música: "Hoje é o primeiro dia do resto da tua viiiiidaaaaa! - mãe, podes pôr mais alto?"

Que orgulho!

Ou ouvi-la cantar o "Tiriririri tiriririri..." do "Venham mais cinco" do Zeca. Que orgulho.

My job is done.

segunda-feira, julho 10, 2017

Sabedoria

Este é um dos maiores lemas da minha vida. A partir do momento em que percebi isto tornei-me muito mais resistente, muito mais independente e livre.

domingo, julho 09, 2017

GOT

Só faltam alguns dias...nem acredito.