quinta-feira, outubro 19, 2017

Camping hacks

Há material Ikea utilizável no campismo.
Champoo, amaciador e gel duche.

quarta-feira, outubro 18, 2017

Bodyboard day

Quinzena desportiva - bodyboard

terça-feira, outubro 17, 2017

segunda-feira, outubro 16, 2017

Outros álbuns novos (2017)


Beck - 


Foo Fighters - Concrete and Gold


Gwen Stefani - You make it feel like Christmas


Benjamin Clementine - I tell a fly


Queens of the stone age - Villains


Lana Del Rey - Lust for life


Lorde - Melodrama

domingo, outubro 15, 2017

The National (novo álbum)



Fico doida quando alguma das minhas bandas preferidas lança material novo. TENHO que ouvir, tenho que me embrenhar na cena. Há quem corra, há quem coleccione conchas, há quem coleccione livros. Eu colecciono músicas dentro da minha cabeça. Não imagino viver sem música e quando ando mais rabugenta chego sempre à conclusão que tenho andado a ouvir pouca música.

Álbum novo dos The National. Genius.


quinta-feira, outubro 12, 2017

Royal Blood



Dia 28 lá estaremos. B R U T A L
Obrigada M&A

terça-feira, outubro 10, 2017

Ah e tal sou bueda jovem

Eu tento manter-me actualizada no que diz respeito às novas tecnologias. As minhas miúdas estão a crescer, serão adolescentes um dia e eu quero estar sempre em cima da jogada. De maneiras que tenho Instagram, Snapshat, Pinterest e etc.

Agora até saco wallpapers muita giros para o tlm. Modernices. Tudo isto para dizer que semanalmente irei colocar aqui na tasca o wallpaper que tenho no tlm. Não que vos interesse mas pronto, temos que ser jovens e falar nestas cenas.

Wallpaper da semana:


quinta-feira, outubro 05, 2017

Presente inesperado e brutalíssimo


Telefonema uns dias antes do meu aniversário:
Eu: "Rui, os Arcade Fire vão actuar no Campo Pequeno no próximo ano...os bilhetes vão estar à venda brevemente. Não podemos deixar isto escapar. Não conseguimos ver os The National porque os bilhetes esgotaram...
Rui: "Não te preocupes...vou estar em cima do acontecimento!"

Dias depois:
Rui: "Epá nem vais acreditar, os bilhetes para Arcade Fire esgotaram, não consegui comprar!"
Eu: "Fónix pá, já sabia, tinhas dito que ias ficar em cima do acontecimento e deixaste isso passar. Porra. Que porcaria, queria mesmo vê-los. Devia ter sido eu a ficar com essa responsabilidade...!"

Dia do meu aniversário:
Ele: "És mesmo totó, achas mesmo que eu não iria conseguir comprar os bilhetes minha menina?! Assim que abriram as bilheteiras online eu estava lá..."
Eu: *Glup* Desculpa.

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH
Tudo isto para dizer que vamos ver os ARCADE FIRE!
AAAAAAH

Obrigada mai lave por conseguires sempre que eu faça figura de parva enraivecida.
Obrigada pelo presente.

terça-feira, outubro 03, 2017

35 anos, 35 músicas

 Este post vai ser gigante mas, para mim, não há melhor maneira de festejar o meu aniversário do que com música.

Outubro 1982

"Somzaço" para começar bem a vida.

1983

Muito, muito bom. Das melhores músicas alguma vez feitas.

1984

É Queen. Não é preciso dizer mais nada.

1985

Uma das melhores dos 80's e um dos melhores vídeos musicais de sempre.

1986

Mítica.

1987

U2. Genius.

1988

Ano de entrada na escola, música apropriada.

1989

Uma preferida dos Metallica.

1990

Ah os 90's, ah o Richard Gere...
O Richard Gere era o meu bonzão de eleição nos 90's...ah e tal mas ele é velho, o Brad Pitt e Leo di Caprio é que são giros e novinhos. Não, miúdas parvas, não.
Aquela maneira de andar, a maneira elegante como colocava as mãos nos bolsos, a maneira como piscava muito os olhos quando estava chateado...pronto, tiques que lhe fui apanhando e que me faziam suspirar.

1991

Ok, calma. Esta foi durante muito tempo A minha música preferida. Eu era muito romântica, adorava o filme, enfim, isto batia forte cá dentro.

1992

Outra música imortal.

1993

Oh pá tão mas tão bom. James é divinal, esta letra é espectacular.

1994

O concerto foi gravado em novembro de 93 e lançado em 94. O Unplugged dos Nirvana mudou a minha vida. Pronto, não mudou a minha vida mas mudou os meus gostos musicais. Vá também mudou um pouquinho a minha vida.

1995

Que música, que álbum. 

1996

Este foi o pior ano da minha vida.
Esta marcou-me. Muito.

1997

O que eu gramava isto, super rebelde e não sei quê. Ah e tal e o camandro ninguém me vai agarrar...

1998

Eu não gostava dela mas...a música ficava no ouvido. Maldita.

 1999

Ouvi muito isto. Lembro-me de ouvir isto no Estádio de Alvalade.

2000

O iníciozinho dos Coldplay...

2001

Lembro-me de ouvir isto na faculdade. Tão brutal. Que banda.

2002

Gosto muito, muito, muito desta música.

2003

 Adoro esta música

2004

Estive no primeiro Rock in Rio em Lisboa. O cartaz desse dia foi brutal. Metallica, Moonspell, Sepultura, Slipknot e Incubus. Não conhecia muito bem Incubus mas eles aguentaram-se à bomboca, tocar para um público de metal não sendo uma banda do género não é fácil. O concerto deles foi muito fixe, ele canta mesmo bem, muito bom. A partir daí comecei a gostar mesmo da banda.

2005



Eu sei, eu sei, só uma música por ano mas não dá. Não dá. Com estas duas na lista não consigo. Ouvi-as tanto, tanto.

2006


 "Tens assim uma frase de uma música que gostarias um dia de dedicar à tua cara metade?"
"Sim. I don't mind if you don't mind cause I don't shine if you don't shine!"

2007

Há filmes que têm de se ver. Ninguém pode falecer sem ver os Star Wars todos, os Senhor dos Anéis, o Padrinho, etc.
Este Into The Wild é daqueles filmes que se têm de ver. Primeiro porque a banda sonora está toda a cargo do Eddie Vedder. Se querem sacar um álbum que vos faça pensar na vida saquem a banda sonora deste filme.  Em segundo lugar é baseado numa história verídica de um jovem que quis libertar-se das amarras da sociedade. Nem tenho palavras para descrever. 5 estrelas, 10 estrelas. 1000 estrelas para o filme e para as músicas. São todas boas.

2008

Ora bem, este ano foi muito importante. Lembro-me que ouviu-se muito esta música nesse verão e guardo excelentes recordações desse verão.

2009

Esta pode parecer um pouco fora da caixa mas gosto muito

2010

Musicão. "I'm a soldier of love every day and night"

2011


Nascimento da Clara. Música que mais ouvimos no carro nesse verão.

 2012

Ouvi muito esta música neste ano

2013

Açores

2014

Em 2014 recebemos muitos amigos nos Açores e a todos eles fizemos questão de apresentar este grande som.

2015

Nascimento da Alice. Tinha as hormonas aos saltos quando vi este vídeo pela primeira vez. É fofo demais, não dá para resistir. Chorei. Muito.

2016

A música do ano passado, para mim, foi esta. Marcou o nosso versão, as nossas férias em Barcelona.

2017

A mais recente obsessão áudio da Clara. Já ouvimos esta música dezenas de vezes e sempre que chegamos ao carro ela diz: "Oh mãe podes pôr o editing now?"

segunda-feira, outubro 02, 2017

Tattoos

Tenho um fascínio por tatuagens de elefantes. Quem sabe um dia...


domingo, outubro 01, 2017

Domingo de trabalho/voto/passeio























Um dos sítios marcantes da minha infância.

quinta-feira, setembro 28, 2017

Já está...finalmente

Não ter acabado o curso na devida altura foi uma pedra bem grande que carreguei no sapato todos estes anos. Recebi convites para dar aulas de antigos colegas que me achavam licenciada e nunca os pude aceitar. Recebi também convites de malta com quem fui trabalhando e que, lembravam-se de mim sempre que havia uma vaga. Também não pude aceitar.
Dei aulas de Expressão Plástica durante uns três anos lectivos porque a Direção da Associação de Pais da escola onde eu trabalhava "exigiu" ao agrupamento que fosse eu a professora da disciplina (mesmo sem ter o curso acabado).

Agora está feito. Sou finalmente licenciada. Bem sei que a estupidez do processo de Bolonha criou estas licenciaturas obsoletas que não servem para nada a menos que se tire o mestrado. Enfim, politiquices.

Mesmo que não me sirva para nada, é um marco pessoal enorme. Uma divida que tinha para com a minha mãe, de gratidão.

Foram muitos dias a chegar a casa à meia noite, muitos dias sem poder regressar a casa depois de um dia cansativo de trabalho. Muitos dias sem ver as miúdas acordadas.

Não sou a pessoa mais disciplinada do mundo mas quando agarro uma coisa não a largo, não a largo até ao fim.
Na noite anterior a este último exame tive um "ataque de pânico/choro compulsivo". Tinha que entregar um trabalho escrito, fazer um exame oral e um escrito. Tudo isto para a mesma disciplina. Mandei com o rato para a mesa e disse: "Epá não quero saber, não me sinto preparada, vou desistir...o trabalho está um valente cocó...esquece isto, não quero saber. Não vou. NÃO VOU, ouviste Rui? NÃO VOU!" - baboseiras deste nível.
OBRIGADA RUI por não me teres deixado desistir no momento mais importante de todos. Tinhas razão, vale sempre a pena ir, mesmo com insegurança, mesmo cheia de medo. Fui porque me empurraste. Obrigada pelo empurrão.

Quanto ao mestrado. Até para o ano ESE.

Eternamente Nouvelle Vague

quarta-feira, setembro 27, 2017

Guilty pleasures



Eu queria não gostar disto mas não consigo.

terça-feira, setembro 26, 2017

Wishlist

E falta pouco mais de uma semaninha para os 35.
Tenho sempre que dar uma ajuda ao meu esposo, embora as minhas escolhas sejam sempre as mesmas.

Os dois frascos que tinha já foram à vida
O novo do José Luís Peixoto
QUERO MUITO ESTE LIVRO (tenho-o colocado sempre nas últimas wishlists)
Ainda só tenho as quatro primeiras temporadas. Quero ter as nove e guardá-las para todo o sempre. Todos os dias vejo um episódio da série antes de adormecer. É uma espécie de ritual de fecho de dia. Tenha tido um dia muito bom ou muito mau preciso de uma dose da família Barone para adormecer melhor. Manias.
Penso que não desejo mais nada de especial (falando de objectos, claro).
Também gosto muito de receber pijamas, cadernos, cremes (a bodyshop tem um novo de banana que deve cheirar "bida" bem)

domingo, setembro 24, 2017

Fim de semana com amigos

E permitam-me acrescentar: conversas com amigos pela madrugada fora. Sobre tudo, sobre nada, apenas desabafos, trocas de experiências, cusquices, piadas...
Estar em Alpiarça revitaliza-nos e estar em Alpiarça convosco é ainda melhor.
Obrigada.

sexta-feira, setembro 22, 2017

34

Não há melhor sentimento no mundo do que o de termos a certeza de que encontrámos a nossa alma gémea. Melhor ainda é quando sentimos isso repetidamente ao longo de dias, semanas, meses e anos. Temos os dois essa certeza absoluta e viver, para mim, já valeu a pena só por ter tido a sorte de sentir tudo isto.

Parabéns bonzão. Sê eterno e se não fores tem a amabilidade de bater a bota depois de mim.



Corsa, o cabriolet dos pobres



Obrigado por todos esses (muitos) momentos em que eu faço coisas e tu ficas atento a observar (aprender como se faz)

Mais uma vitima da tua hiperactividade



Olha os 29, aqui ainda eras novo...
Cabo Verde





A queimar pestanas na nossa primeira casa (Academia, o martírio de 3 anos)



Ah e obrigado pelas vezes que escreveste "amo-te" com todo o tipo de objectos que posteriormente tive que arrumar





Muito estil...er...coiso

Frio, Gondramaz

TMNT


Menorca, o paraíso

Obrigadinho Melo ;)






FRIIIIIIO


Everywhere I'm looking now
I'm surrounded by your embrace
Baby, I can see your halo
You know you're my saving grace


Sim, eu sei que não é cool pôr aqui uma música da Beyoncé mas pronto, admito, esta toca cá nas minhas profundezas e diz tudo o que eu sinto por ti.